“No meu cabelo não, nem fudendo”: Ingredientes que devem ser evitados na saúde capilar

0
38

Celebridades baianas, como Ivete Sangalo e Preta Gil, são conhecidas por 3 coisas: seus cabelos bonitos, suas músicas e seus xingamentos baianos. Elas estrelam diversas propagandas de produtos capilares saudáveis. Portanto, não é nenhuma surpresa que elas usem expressões como “nem fudendo” ao falar sobre certos produtos para cabelo que são muito agressivos.

Mas elas não são as únicas. as escolhas totalmente naturais ou orgânicas estão mais populares do que nunca. Afinal, ano após ano, as empresas de cuidados com os cabelos continuam a colocar produtos químicos e ingredientes tóxicos em seus produtos

Abaixo, compilamos uma lista de alguns dos ingredientes mais perigosos (e infelizmente comuns) a serem observados na próxima vez que for comprar shampoo ou condicionador.

Sulfatos

Provavelmente já ouviu falar do termo “sulfatos”. Esse detergente químico é o responsável pela espuma que o shampoo faz durante a lavagem. E ele é extremamente popular, estando em mais de 90% dos produtos para o cabelo.

Depois de enxaguados, os sulfatos retiram os óleos naturais, hidratantes e a cor do cabelo e do couro cabeludo. Assim, deixam para trás um rastro de ressecamento, descamação e irritação.

A principal preocupação com os sulfatos, entretanto, é seu potencial de formar carcinógenos que podem, em última instância, causar danos aos rins e distúrbios hormonais.

Na próxima vez que fizer compras, procure no rótulo:

  • Lauril Sulfato de Amônio,
  • Lauril Sulfato de Sódio (SLES) e
  • Lauril Sulfato de Sódio (SLS) –

Esses são os principais e mais populares sulfatos que não devem ser usados “nem fudendo”.

Parabenos

Os parabenos são outro aditivo extremamente popular e prejudicial. Eles podem ser encontrados em muitos shampoos e condicionadores de marca e atuam principalmente como conservantes para prolongar a vida útil.

Também conhecidos como xenoestrogênios, os parabenos podem perturbar o equilíbrio hormonal natural. Além disso, causam irritação na pele e podem afetar a saúde reprodutiva.

Infelizmente, não verá uma lista de ingredientes que lista a palavra “parabenos” nela. Em vez disso, precisará procurar palavras que terminam em “parabeno”, por exemplo, butilparabeno, etilparabeno e metilparabeno.

Polietilenoglicóis

O polietilenoglicol (PEG) é um agente espessante. Ele é geralmente feito de petróleo e uma lista de subprodutos. Sua principal função é remover a umidade do cabelo e evitar sua quebra.

Ele foi classificado como um tóxico para o desenvolvimento; isso significa que pode prejudicar ou interromper o desenvolvimento humano. Além disso, estudos indicam que ele pode causar diferentes tipos de câncer.

Triclosan

Outro conservante desta lista é um agente antibacteriano chamado Triclosan. Proibido de ser usado em sabonetes antibacterianos, esse carcinógeno pode ser encontrado em shampoos, desodorantes, pastas de dente e muito mais.

O ingrediente mostra sinais de ser um desregulador endócrino, que pode ter os mesmos efeitos nocivos dos xenoestrogênios mencionados. O produto químico pode causar infertilidade, dano fetal, problemas no sistema imunológico, perda ou ganho de peso, depressão, reprodução celular descontrolada e câncer.

Formaldeído

Este carcinógeno conhecido pode ser encontrado em muitos shampoos e condicionadores. Rapidamente absorvido e com altas chances de vazamento da embalagem, ele é extremamente preocupante. Seu maior perigo está associado a asma e ao câncer.

Artigo anteriorComeça a Expo de Móveis de Vida
Próximo artigoOs benefícios de um bom smartphone

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui